Resumo do seu pedido
*Sem aplicação de descontos nem cupões no carrinho. Faça clique em ver / consultar CARRINHO para ver estes descontos e serviços.
Pagamento 100% seguro

Filtre e ordene

Preço
-
Stock
Digite o seu código postal ou selecione uma loja. Envio imediato
Recolha imediata Funchal - Conforama
Vendido por
Categorias

Mobilidade urbana

1 - 3 de 3 products
Nome ascendente Nome descendente Preço ascendente Preço descendente Promoção Recomendados Stock
1 - 3 de 3 products
Viu 3 de 3 produtos

Temos os melhores modelos de trotinete elétrica e bicicleta elétrica.

Mova-se de forma original com os nossos produtos de mobilidade urbana com funcionamento elétrico, limpo, sem gases e respeitador do meio ambiente. Encontrará aqui, desde produtos para as suas deslocações na cidade, até àqueles com os quais poderá passar bem: tanto você como os seus filhos.

Temos uma prática bicicleta elétrica dobrável, com a qual poderá ir a qualquer lugar ligeiramente afastado da cidade de forma muito mais rápida. No seu tempo livre, usufrua de passeios com as nossas trotinetas elétricas. Lembre-se de manter o equilíbrio! E para um presente especial para os mais pequenos da casa, consulte a nossa gama de carros elétricos que são uma réplica quase exata dos modelos mais exclusivos. Ficarão encantados! Para os mais atrevidos, também dispomos de motas elétricas e motos quatro elétricas.

Bicicleta elétrica: motor no eixo dos pedais ou nas rodas?

A escolha do posicionamento do motor elétrico da sua bicicleta elétrica é importante e vai influenciar o conforto das suas viagens. Os motores podem estar colocados em 3 zonas:

Na roda da frente:
Posicionar o motor na roda da frente, embora seja uma opção que facilita a manutenção da bicicleta, tem um grande defeito para que procura uma condução mais “desportiva”: a presença da bateria acaba por tornar o guiador mais pesado, diminuindo a agilidade da bicicleta.

Na roda de trás:
É o local mais popular nos modelos vendidos em Portugal e é também, por norma, a hipótese mais económica. Os motores são silenciosos e a energia é gerada sempre que o condutor arranca. A principal desvantagem é que, devido ao peso da bateria, a bicicleta acaba por ser mais difícil de mover, principalmente a baixas velocidades, além de também reduzir a sensibilidade de condução.

No eixo dos pedais:
Por norma, as bicicletas com motor no eixo dos pedais são as mais caras, mas em contrapartida têm várias vantagens, sendo que a que mais se destaca é a distribuição homogénea do peso, tornando-as as mais estáveis e mais divertidas de conduzir de todas as opções existentes no mercado.

Que tipos de bateria existem nos modelos de bicicleta elétrica?

No geral, a bateria da sua bicicleta elétrica pode ser de chumbo (em gel), de níquel e de polímeros de lítio. Resumimos aqui as principais característica de cada opção:

De chumbo (em gel):
É a opção mais económica existe no mercado, no entanto o peso é considerável, tem menos densidade de energia e é mais sensível ao frio.

De níquel:
O peso é um pouco inferior do que nas de chumbo e a densidade de energia é superior, mas em contrapartida é um pouco mais cara. Após vários ciclos de utilização, existe o risco de a bateria diminuir o seu desempenhado devido ao chamado “efeito memória”: a bateria “memoriza” os ciclos de carga e descarga anteriores, principalmente os ciclos parciais.

De polímeros de lítio:
Tem uma excelente densidade de energia e o peso é o mais baixo de todas as opções existentes no mercado. Este tipo de bateria é extremamente fiável e as suas características tornam-na menos sensíveis às baixas temperaturas.

Trotineta elétrica: o peso do condutor influência a performance?

Sim, o peso do condutor tem influência direta na performance e na velocidade máxima que a sua nova trotineta elétrica deverá conseguir atingir. Vai também afetar os quilómetros de autonomia da bateria, independente do material químico de que é composta.

Para se deslocar, um condutor mais pesado vai necessitar sempre de mais potência do que um condutor leve. E um condutor mais pesado consome sempre mais bateria do que um leve. Por isso, por norma, existem estas 2 opções no mercado:

Opção até 55 Kg:
1.000 Watts de potência, ideal para um condutor leve. 20 Ah de bateria são suficientes para uma autonomia média de 30 Km.
Opção até 100 Kg:
2.000 Watts de potência, ideal para um condutor pesado ou para um condutor e um pendura leves. 30 Ah de bateria são suficientes para uma autonomia média de 50 Km.